terça-feira, 26 de junho de 2012

FASTIO EVANGÉLICO

Sabemos no decorrer da história que quando Jesus esteve na terra, escolheu 12 discípulos que daria continuidade ao plano de salvação para humanidade. Entre seus ensinamentos Ele ensinou que não iria deixa-los órfãos mais enviaria outro consolador que iria conduzi-los a toda a verdade e que o Espírito Santo iria glorificar o filho. Jo. 16:14

Quando veio o espírito Santo no dia de pentecostes houve um grande derramar do Espírito e muitos ficaram atemorizados. Mas os discípulos ficaram cheios de poder, pois afinal de contas eles foram avivados. Houve também uma grande paixão pelas almas.

Sabemos também que mesmo as perseguições e as mortes dos opositores cresciam o número de cristãos. O amor a Deus era notório, pois há relatos que quando os cristãos eram queimados vivos se ouviam louvores a Deus.

Com o passar dos tempos, hoje vivemos um momento critico do cristianismo, é notório um fastio de Deus entre os seus (fiéis).

Fastio segundo o dicionário Aurélio é:

1. Repugnância pelo alimento; falta de apetite.

2. Aborrecimento; tédio; enjoo.

Infelizmente é o que vemos nas igrejas de hoje. O povo não sente fome e sede de Deus, de ler sua palavra, de ter um maior relacionamento com Ele. Já não se ver um povo apaixonado e que demostre sua paixão, só se canta mais não vemos vivência dessa paixão, os lideres cada vez mais estão amantes de si, sofrem de pulpitolatria, são gananciosos, buscam seus próprios interesses. Os cultos mais parecem shows do que cultos, já não se ver falar de Jesus nos cultos. Não seria esse o motivo do fastio evangélico? Será que aquele Espírito santo não está mais nas igrejas? Há um esfriamento total, muitos procuram as igrejas na tentativa de solucionar seus problemas, talveis por estarem frustrados com a achumbaria ou a magia negra.

Com a idolatria e o materialismo nas igrejas já não se tem espaço para o Espírito de Deus atuar, penso se cristo estivesse entre nós em carne de qual igreja ele faria parte.

Esse fastio precisa ser tirado do meio do povo, não só do povo mais de cada um de nós. Quanto tempo faz que você não separa um tempo para adorar a Deus, tendo um momento de oração de meditação da palavra, de se prostrar e chorar diante de Deus e de ouvir sua voz, de clamar pelas almas perdidas.

Deus não busca críticos do sistema que vivemos hoje, mais de adoradores que se levantam e saiam do seu conforto, do anonimato e seja um porta-voz de Deus.

"Deus não será maior se o respeitas, mas tu serás maior se o servires. "

Santo Agostinho.

Clamo a Deus por um avivamento na sua igreja, a começar na minha vida!

Postado por: Gerson Pimentel da silva.

2 comentários:

  1. Ótimo texto, excelente tamanho para um blog. Formatação muito boa. A citação poderia ser em itálico.

    ResponderExcluir